Como anunciar no LinkedIn?

Você sabia que pode alcançar bons resultados em seu negócio ao anunciar no LinkedIn? Isso mesmo.

Antigamente, quando essa plataforma profissional foi disponibilizada no Brasil (em 2010), tudo ainda era mais precário e quando os anúncios foram permitidos, não era nem possível segmentar o público.

Mas isso mudou. Com o avanço das funcionalidades, anunciar no LinkedIn hoje pode gerar muita visibilidade para o seu negócio. Por isso, confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

Como funciona o LinkedIn para empresas? 

Bom, o LinkedIn é uma rede social voltada para negócios, integrando empresas e profissionais, como um verdadeiro ambiente de networking. 

Para as empresas, trata-se de uma grande oportunidade de expandir seus negócios e até encontrar parcerias e novos talentos, já que no LinkedIn é possível:

  • Divulgar produtos e serviços a um público segmentado e que realmente tenha interesse em seu nicho de mercado;
  • Atrair pessoas para suas estratégias de marketing;
  • Fazer um bom trabalho de branding ao reforçar a sua marca no ambiente corporativo;
  • Realizar parcerias com outras empresas e profissionais para estratégias pontuais;
  • Reforçar a autoridade da sua empresa no segmento ao produzir conteúdos relevantes para o público;
  • Prospectar profissionais e descobrir novos talentos. 

Por que anunciar no LinkedIn?

Essa é uma dúvida muito comum, já que temos tantas opções de locais para anunciar. Temos o Google, o Facebook, o Instagram… Por que anunciar no LinkedIn? 

Por pelo menos quatro motivos:

Motivo 1: Anunciar no LinkedIn atrai leads mais qualificados 

Dependendo do seu nicho de atuação, o público que está no LinkedIn pode ser extremamente qualificado. 

O público-alvo do LinkedIn é composto majoritariamente por profissionais e quando falamos em lead qualificado, queremos dizer que são pessoas que já identificaram o problema e estão em busca de uma solução. É mais fácil e rápido vender produtos e serviços a elas. 

Aliás, se o seu segmento é B2B, anunciar nesta rede social é quase uma obrigação! Ali o contexto é totalmente profissional e todos os dias pessoas e empresas estão em busca de soluções para seus negócios e crescimento profissional – e elas deixam isso claro no profile (perfil). 

Motivo 2: Anunciar no LinkedIn reduz a jornada de compras do cliente

Por ser um público mais qualificado e engajado, de acordo com o seu segmento de atuação, anunciar no LinkedIn diminui o tempo da jornada do cliente.

A jornada do cliente é composta por quatro etapas:

  1. Descoberta e Aprendizado: quando a pessoa ainda não sabe que tem um problema e você vem e a faz descobrir;
  2. Reconhecimento do problema: quando ela reconhece que tem o problema, mas ainda não sabe o que fazer;
  3. Consideração da solução: quando você já apresenta os caminhos para que ela resolva o problema;
  4. Decisão de compra: quando você apresenta a solução e a pessoa decide comprar o produto ou serviço para resolver o problema.  

No LinkedIn, quando você consegue identificar um lead mais qualificado, significa que ela já está na etapa 2 da jornada – ela já sabe que tem um problema e quer resolvê-lo. Com isso, os anúncios nesta rede podem ser mais direcionados para o meio e fundo de funil, aumentando a taxa de conversão

Motivo 3: O LinkedIn tem uma boa ferramenta para acompanhar a conversão

Ao anunciar no LinkedIn, você tem acesso a uma boa ferramenta de gerenciador de anúncios, bem parecida com as do Google e do Facebook.

Com isso, você consegue analisar em tempo real a taxa de conversão das campanhas, quais anúncios estão dando melhores resultados, quais precisam de ajustes, etc. 

Na prática, isso significa que você pode otimizar não apenas as campanhas de anúncios, mas também o dinheiro que está investindo nelas. 

Motivo 4: Anunciar no LinkedIn é bom para a credibilidade do seu negócio

Por fim, o LinkedIn é visto como uma rede social e profissional de credibilidade. De forma geral, as discussões geradas ali apresentam esse caráter mais sério, com temáticas que envolvem o mundo dos negócios.

E se a sua empresa estiver ali, seja anunciando ou produzindo conteúdo (ou as duas coisas), isso faz com que a credibilidade da sua empresa também aumente – e essa credibilidade é fundamental para se fechar vendas. 

Os tipos de anúncios no LinkedIn Ads

Anúncios de imagem única 

Nesse formato de anúncio do LinkedIn, aparece uma imagem no feed do público que você segmentou. Ele aparece tanto no desktop quanto em dispositivos móveis.

Anunciar no LinkedIn: tela inicial
(Imagem: Reprodução / LinkedIn)

Esse formato é ideal para atingir os seguintes objetivos ao anunciar no LinkedIn:

  • Visitas ao site;
  • Conhecimento da marca;
  • Geração de leads;
  • Candidatos a vagas;
  • Conversões no site.

Anúncios em carrossel

Neste formato, podem ser colocadas várias imagens em sequência, para serem visualizadas no estilo carrossel.

Além das imagens, esse formato pode conter legendas e também links que levam a um destino. Esses anúncios aparecem tanto no desktop quanto no mobile. 

Anunciar no LinkedIn: modelo carrossel
(Imagem: Reprodução / LinkedIn)

Ao anunciar no LinkedIn page com esse formato de carrossel, escolha um dos seguintes objetivos:

  • Visitas ao site;
  • Engajamento;
  • Conhecimento da marca;
  • Conversão no site;
  • Geração de leads. 

Anúncios em vídeo

Como o próprio nome diz, neste formato de anúncio o elemento principal é o vídeo, que leva o usuário a um link de destino. Ele aparece tanto no desktop quanto nos dispositivos móveis.

(Imagem: Reprodução / LinkedIn)

Ao anunciar no LinkedIn neste formato de vídeo, os melhores objetivos a serem atingidos são:

  • Visualizações de vídeo;
  • Conhecimento de marca;
  • Visitas ao site;
  • Geração de leads;
  • Conversão no site;
  • Engajamento. 

Outros formatos

Os demais formatos para anunciar no LinkedIn são:

  • Text Ads: são anúncios em um texto breve e uma imagem, que podem ser colocados em locais estratégicos da página, incluindo no inbox do público segmentado.
  • Anúncios de mensagem, de seguidor, de holofote e de emprego: são outros formatos de anúncios que também ajudam a aumentar o engajamento e o reconhecimento de marca.

Como anunciar no LinkedIn: Passo a passo

Criar anúncio no LinkedIn é simples. Com formatos de anúncios variados, é possível criar diferentes campanhas com imagens, vídeos ou apenas texto, dependendo dos seus objetivos.

A seguir, confira um passo a passo simples, já levando em consideração que já foi criado um perfil na rede social (uma LinkedIn Page):

Passo 1:  Entre no Gerenciador de Campanhas do LinkedIn

A página do Gerenciador de Campanhas do LinkedIn é onde você vai criar a sua conta e configurar os anúncios. 

Crie um nome para a sua campanha de anúncios (lembrando que em uma campanha, é possível inserir diferentes grupos de anúncios). 

Escolha um nome que tenha informações claras sobre o objetivo da campanha e o público a ser atingido para facilitar o acompanhamento. 

Também mude a opção de moeda para "Brasil, Real (BRL)". 

Passo 2: Escolha o objetivo da campanha de anúncios

Essa parte é muito importante, pois ao anunciar no LinkedIn, é agora que você vai definir quais objetivos quer atingir com suas campanhas de anúncios. 

Repare que o LinkedIn já separou os objetivos de acordo com as etapas da jornada do cliente, facilitando a nossa escolha:

Objetivo da campanha no LinkedIn

Passo 3: Defina o público-alvo da sua campanha de anúncios

Esta etapa também é muito importante, pois é a que define para quem os seus anúncios serão entregues. 

Por isso, segmente ao máximo de acordo com as personas do seu negócio. O interessante de anunciar no LinkedIn é que ele também oferece um campo para você excluir pessoas que você não quer atingir – com a exclusão de outras localidades que você não segmentou.

Público da campanha no LinkedIn

Passo 4: Escolha o formato do anúncio do LinkedIn

Nessa etapa, também pense de acordo com os objetivos da campanha de anúncios e também de acordo com perfil do seu público.

Dependendo do seu planejamento de marketing, um anúncio de imagem e texto pode converter melhor do que um em vídeo, por exemplo. Também escolha levando em consideração o tamanho do anúncio. 

Passo 5: Configure os anúncios

Este é o momento da criação dos anúncios. Lembre-se de seguir o limite de caracteres do título e do conteúdo, que deve ser bem objetivo.

Outro detalhe importante: crie sempre CTAs (Call To Actions) em seus anúncios, levando o usuário a fazer alguma coisa – como acessar o site, baixar o material, etc. O CTA dependerá do objetivo do seu anúncio, que está diretamente relacionado à etapa do funil de vendas.

Passo 6: Ajuste o orçamento, o pagamento e as demais configurações pedidas

Por fim, chegou a hora das configurações finais. Até o momento, o LinkedIn disponibiliza duas formas de cobrança:

  • CPC (Custo por Clique): toda vez que uma pessoa clicar no anúncio, o valor será cobrado;
  • CPM (Custo por Mil): a cada 1000 vezes em que o anúncio apareceu, o valor será cobrado. 

Ao anunciar no LinkedIn, ele também disponibiliza uma ferramenta de contato para que usuários possam conversar com você, solicitar alguma informação, tirar uma dúvida, etc. Esta é uma boa maneira de estreitar o relacionamento com os leads.

Conclusão

Vimos que anunciar no LinkedIn é possível e viável para todos os negócios que desejam se destacar. 

Vale lembrar que com a pandemia de Covid-19, iniciada em 2020, essa rede social tornou-se praticamente obrigatória, fazendo com que muitos novos perfis fossem criados – perfis esses que podem ser os seus potenciais clientes, ávidos por networking e novos negócios.

Por isso, considere fortemente investir em anúncios no LinkedIn. Na prática, a nossa equipe da A7B pode te ajudar em todo o processo – desde o planejamento até o monitoramento e análise dos resultados. 

Agende agora mesmo uma conversa conosco!

Inscreva-se em nossa newsletter!