Por que investir em Links Patrocinados?

Neste artigo, vamos falar sobre um tema que gera muitas dúvidas nos empreendedores e até em profissionais de marketing: vale a pena investir em links patrocinados?

Já adiantamos a resposta: sim, vale a pena! Porém, como tudo no marketing digital, é preciso entender realmente do que se trata e, ainda, ter um planejamento estratégico bem traçado.

Os links patrocinados são estratégias que podem ser utilizadas juntamente com um bom trabalho de SEO, cujo objetivo é aumentar o alcance orgânico do seu negócio. 

Enquanto no orgânico o crescimento se dá por meio de técnicas de atração voluntária de visitantes e potenciais clientes, nos links patrocinados o crescimento se dá por meio do investimento em anúncios pagos em diversas mídias da internet.

Ao contrário do que muita gente pensa, uma estratégia não exclui a outra, mas tornam-se complementos para atrair tráfego qualificado ao seu site ou página na rede social, gerando o tão sonhado reconhecimento de marca que as empresas almejam. 

Então, vamos entender melhor sobre isso agora mesmo!

O que são links patrocinados?

Links patrocinados são os anúncios pagos que são criados para a divulgação de produtos e serviços em diferentes locais da internet.

Aliás, aqui podemos desmistificar uma coisa: há quem defenda que os links patrocinados são apenas aqueles links que aparecem nos primeiros e nos últimos resultados do Google com a palavra "Anúncio".

Na verdade, esse é apenas um tipo de link patrocinado. Afinal, aqueles anúncios que aparecem durante os vídeos do YouTube, por exemplo, ao serem clicados, também direcionam o usuário a outra página.

Uma postagem patrocinada no Facebook ou no Instagram também leva o usuário a realizar uma ação clicando e sendo direcionado a outra página ou ao perfil da rede social.

Enfim: links patrocinados, portanto, são simplesmente os anúncios pagos que estão na internet, em seus diferentes formatos.

Quais são os tipos de links patrocinados?

Exemplo de links patrocinados

Google Ads

Antes chamado de Google AdWords, o Google Ads é um dos locais mais comuns de se investir em links patrocinados.

Dentro dele, você pode construir diferentes tipos de anúncios:

  • Rede de pesquisa: são aqueles exibidos nos resultados do motor de busca de acordo com a palavra-chave pesquisada (e contêm a palavra "Anúncio" neles).
  • Rede de display: diferentes formatos de anúncios (como banners, textos e vídeos) que aparecem em sites, blogs e no Gmail.
  • YouTube: são os anúncios mostrados antes, durante ou no final dos vídeos. 
  • Google Shopping: voltado para e-commerces, são os anúncios de produtos exibidos nos resultados da pesquisa dentro da aba "Shopping" do Google.
  • Aplicativos: trata-se do impulsionamento da instalação de aplicativos que fazem parte das redes do Google. 
  • Google Maps: são os anúncios criados para aparecem diretamente nos resultados de pesquisa no Google Maps
Conteúdo patrocinado
Fonte: Resultados Digitais

Native Ads

Sabe quando você está em um site de notícias ou blog e lá no final aparecem aqueles anúncios que também estão no formato de notícias, no estilo de "artigos recomendados"? 

Eles são os native ads, também chamados de "publicidade nativa" e são formatos bem comuns para se investir em links patrocinados.

Uma vantagem é que eles não atrapalham a experiência de navegação, já que têm o mesmo formato das notícias. 

Já existem várias plataformas que ajudam na criação e veiculação de publicidades nativas, como o Taboola, Outbrain, UOL Ads, entre outras. 

Fonte: Facebook

Facebook Ads

Outro formato muito comum para se investir em links patrocinados é por meio do Facebook Ads, que também costuma gerar bons resultados aos anunciantes.

Existem diferentes formatos de anúncios nessa rede social, tais como:

  • Vídeos: como o próprio nome diz, são os anúncios em formato de vídeo. 
  • Carrossel: anúncios com até 10 imagens ou vídeos, sendo que cada um deles apresenta um link separadamente. 
  • Apresentações multimídia: são anúncios que combinam texto e vídeo ou texto e som, gerando uma apresentação multimídia.
  • Experiência instantânea: são os anúncios que ao serem tocados ficam em tela cheia no dispositivo móvel, gerando uma experiência maior no usuário. 
  • Coleção: este é o mesmo formato da experiência instantânea, mas apresentando vários produtos no mesmo anúncio. 
Links patrocinados no Instagram
Fonte: Instagram

Instagram Ads

O Instagram é uma das redes sociais que mais vem crescendo no mundo, inclusive aqui no Brasil. 

E como essa rede também faz parte do Facebook, existem diferentes formas de investir em links patrocinados no Instagram Ads, tanto no feed quanto no Stories.

São eles:

  • Imagens: são anúncios em formato de imagem, que podem aparecer no formato quadrado, vertical ou paisagem e que levam o usuário a realizar uma ação específica, tanto no feed quanto no Stories.
  • Vídeos: são anúncios em vídeo que podem aparecer tanto no feed quanto no Stories.
  • Carrossel: você pode acrescentar até 10 imagens no mesmo anúncio, que pode aparecer no Stories e no feed.
  • Instagram Stories: são anúncios específicos para a função Stories, tanto em imagens quanto em vídeos (nesse caso, até 120 segundos de vídeo nas proporções 9:16, 16:9 ou 4:5). 
Fonte: Linkedin

LinkedIn Ads

Outra rede social onde você pode investir em links patrocinados é o LinkedIn, considerada a maior rede profissional da atualidade. 

No LinkedIn Ads, os formatos de anúncios são os seguintes:

  • Sponsored Content: são os anúncios que aparecem no feed para promover seu conteúdo a profissionais de acordo com a segmentação configurada. É necessário que você tenha um perfil empresarial na rede (Company Page). 
  • Sponsored Messaging: anúncios criados especificamente para a caixa de entrada do LinkedIn (o equivalente ao direct de outras redes sociais). 
  • Text Ads: são anúncios de texto onde você inclui um link que direciona para o seu site. 
  • Dynamic Ads: são anúncios personalizados criados especificamente para atrair mais seguidores para a sua página no LinkedIn, no estilo "Fulano, explore mais oportunidades de negócios conectando-se com a empresa X". 

Por que você precisa investir em links patrocinados?

Bom, até aqui vimos o que são links patrocinados e como existem diferentes lugares e formatos para se criar anúncios.

Agora, responderemos a pergunta inicial do artigo: afinal, por que investir em links patrocinados? 

1. Porque os links patrocinados ajudam a atrair mais tráfego ao seu site ou rede social

Os anúncios patrocinados continuam sendo excelentes maneiras de você atrair mais visitantes ao seu site ou perfil nas redes sociais.

E não pense que eles atraem todos os tipos de perfis. Uma excelente vantagem do marketing digital é que tudo é construído com base na segmentação do público-alvo que se quer atingir.

Isso significa que os seus anúncios serão entregues apenas ao perfil de pessoas que você configurou previamente, fazendo com que haja mais retorno sobre o investimento realizado. 

2. Porque investir em links patrocinados acelera os seus resultados 

Sim, nós sempre batemos na tecla de que investir em tráfego orgânico – ou seja, naquele que utiliza técnicas de SEO para atrair um público sem precisar anunciar – é uma excelente maneira de você crescer o seu negócio.

Porém, o crescimento orgânico exige tempo para os resultados aparecerem. Então, durante esse período, investir em links patrocinados é a forma de você acelerar ou turbinar os resultados, e, consequentemente, as vendas. 

3. Porque os links patrocinados aparecem de acordo com a segmentação do seu público

Já falamos sobre essa vantagem, mas é preciso reforçar: ao investir em links patrocinados, você consegue segmentar o seu público para atrair apenas tráfego qualificado ao seu negócio.

E são muitos os tipos de segmentação, como, por exemplo:

  • Localização geográfica;
  • Gênero;
  • Idade;
  • Interesses;
  • Por palavra-chave;
  • Dispositivos;
  • Canais. 

Por exemplo: anúncios na rede de pesquisa do Google podem ser construídos a partir de uma pesquisa de palavras-chave referentes ao seu negócio, para que ao digitá-las no motor de busca, a pessoa encontre o seu anúncio. 

Para isso, inclusive, existe a ferramenta chamada de planejador de palavra-chave que o próprio Google oferece. 

4. Porque é fácil de mensurar os resultados dos links patrocinados

Ao investir em links patrocinados, você passa a ter acesso a uma base de dados coletados praticamente em tempo real sobre os resultados que estão sendo alcançados.

Aliás, saiba que você pode otimizar muito o seu tempo ao criar diferentes campanhas patrocinadas – e dentro dessas campanhas, criar diferentes grupos de anúncios. 

Assim, todos podem rodar ao mesmo tempo e você vai analisando a performance e a relevância de cada um deles a partir das métricas geradas. 

E aqui está o pulo do gato: é possível pausar campanhas e anúncios a qualquer momento, caso eles não estejam convertendo bem. Nessa pausa, você consegue fazer ajustes ou até excluir o anúncio caso queira. 

5. Porque o investimento financeiro em links patrocinados é escalável

Outra grande vantagem de investir em links patrocinados é que você pode fazer isso independentemente do seu orçamento, de acordo com a atual realidade financeira do seu negócio.

Isso permite que você se planeje muito bem e tenha o máximo de retorno sobre os valores investidos, mesmo que eles sejam baixos em um primeiro momento. 

Por exemplo: em um determinado período, você pode investir em link patrocinado para lançamento de produto ou serviço, incluindo aí uma estratégia de retargeting para que os anúncios voltem a aparecer para as mesmas pessoas que o viram, aumentando as chances de conversão. 

Passou a temporada? Então você pode diminuir o orçamento, voltando a investir mais em épocas estratégicas. 

Saiba que existem basicamente três tipos de cobrança de links patrocinados:

  • CPC (Custo por Clique): você paga a cada clique que uma pessoa der no anúncio.
  • CPM (Custo por Mil): você paga uma determinada quantia a cada 1000 impressões do anúncio.
  • CPA (Custo por Aquisição): você paga pelo anúncio apenas quando ele resultar no objetivo final (como uma venda, por exemplo). 

Conclusão: Por onde começar a investir em links patrocinados?

Para que esse investimento forneça um bom retorno para o seu negócio, é necessário muito planejamento e uma boa gestão de link patrocinado. 

Caso você não tenha uma equipe ou um especialista para te ajudar nessa área, a melhor solução é contar com uma agência de link patrocinado. 

A A7B conta com uma equipe especializada nessa área. 

Aliás, somos parceiros certificados pelo próprio Google e pelo Facebook para ajudar você em todas as etapas desse processo, desde o planejamento, passando pela criação dos anúncios até o gerenciamento dos resultados. 

Por isso, convidamos você a conhecer mais detalhes sobre esse serviço oferecido pela A7B, que se chama Mídia de Performance. Estamos à disposição para tirarmos todas as suas dúvidas! 

Inscreva-se em nossa newsletter!