ROI e ROAS: qual é a diferença e como calcular?

ROI e ROAS são duas métricas muito importantes para o seu e-commerce. Por isso, aprenda neste artigo a diferença entre eles, como calcular e analisar os resultados.

Vamos lá?

O que é ROI?

Bom, antes de tudo, saiba que ROI e ROAS são indicadores que servem para medir os resultados de determinada ação em seu e-commerce (ou em outros tipos de empresa).

ROI é a sigla de Return on Investment, que significa Retorno sobre Investimento. Ele é um cálculo realizado sempre depois que um investimento for feito em seu negócio. Dessa forma, você saberá se teve lucro ou prejuízo.

Um exemplo claro de ROI é você investir, por exemplo, na compra de produtos novos para vender em seu e-commerce. 

Ao final de um determinado período, se você precisa saber se teve lucro ou prejuízo em relação às vendas, basta aplicar o cálculo do ROI.

Se o cálculo demonstrar que o investimento que você fez na compra dos produtos foi maior do que o valor das vendas, então você teve prejuízo. Afinal, o investimento sequer foi pago.

Mas se o resultado der um valor de vendas superior ao do investimento feito, então você teve lucro – o dinheiro obtido pagou o investimento inicial e ainda sobrou. Lembrando que esse lucro pode ser pequeno ou grande, o que também afeta a sua tomada de decisão. 

Viu como o ROI é uma métrica importante para aplicar em seu negócio?

Leia também: 3 estratégias para aumentar as vendas em seu e-commerce.  

O que é ROAS?

Entre ROI e ROAS, provavelmente você já deve ter ouvido falar mais na primeira sigla, certo? Mas saiba que o ROAS também é um indicador simples e importante.

ROAS é a tradução de Return On Advertising Spend, traduzido como Retorno com Gastos de Anúncios. É uma tradução praticamente autoexplicativa. 

Trata-se de uma métrica que mede os resultados do investimento feito em anúncios pagos para a sua empresa.

O ROAS é importante porque ele ajuda a medir se os valores que você utiliza para anunciar nos canais de mídias pagas têm gerado resultados. Exemplos de canais em que você pode anunciar são:

Qual é a diferença entre ROI e ROAS?

A diferença entre ROI e ROAS é simples: enquanto o ROI é uma métrica que pode ser aplicada em todos os investimentos feitos em sua empresa, o ROAS é apenas para anúncios pagos. 

Então, podemos afirmar que:

  • O ROI é uma métrica estratégica, que envolve todos os departamentos da empresa;
  • O ROAS é uma métrica tática, que envolve um departamento (no caso, o marketing). 

Nesse caso, eis a dúvida: se o ROI serve para todos os departamentos, então por que aplicar o ROAS nos anúncios pagos? O ROI também não serve?

Sim, você também pode aplicar o ROI para medir o lucro ou o prejuízo dos anúncios pagos em relação ao custo deles. 

Mas se você quiser saber o investimento relacionado à receita bruta da campanha online, ou seja, de um grupo de anúncios ou uma campanha específica, então é recomendado aplicar o ROAS. 

No ROAS, quando você faz uma campanha no Instagram Ads, por exemplo, e descobre que o retorno não está pagando nem o investimento nos anúncios naquela rede social (e tampouco gerando lucro), então fica bem mais fácil você tomar uma decisão.

Essa decisão, por exemplo, pode ser a de investir em outro canal de mídia paga ou, ainda, fazer alguns ajustes nas configurações dos anúncios para tentar melhorar na próxima campanha. 

Então, não tem mistério: entre ROI e ROAS, utilize o ROAS apenas para medir os resultados dos seus anúncios pagos – e use o ROI para os demais investimentos.

Entendido?

Então, agora que sabemos o que é ROI e ROAS, mãos à obra: vamos aprender os cálculos!

Como calcular as métricas de ROI e ROAS?

Para calcular o ROI, a fórmula é a seguinte:

ROI = (ganho obtido – Investimento inicial) / Investimento inicial

Ao final, caso queira o resultado em porcentagem, basta multiplicá-lo por 100.

Vamos a um exemplo:

Você tem um e-commerce de eletrônicos e deseja calcular o ROI das vendas de um novo smartphone lançado no mercado.  

O investimento total foi de R$ 30.000,00 (valor que inclui o estoque dos smartphones e os custos de divulgação). 

No final do lançamento, o resultado foi um faturamento de R$ 75.000,00.

E então? Qual foi o ROI?

ROI = (75.000,00 – 30.000,00) / 30.000,00

ROI = 45.000,00 / 30.000,00

ROI = 1,5 (multiplique por 100, o resultado é 150%)

O resultado foi um lucro nas vendas do novo smartphone. A cada R$ 1 gasto, retornou R$ 1,50, ou, ainda, 150% de lucro. 

Qual a fórmula do ROAS?

Já a fórmula do ROAS é ainda mais simples:

ROAS = ganho obtido pelas mídias pagas / custo dos anúncios

Vamos a um exemplo:

No lançamento do smartphone, você investiu R$ 10.000,00 em anúncios no Google Ads e eles geraram R$ 30.000,00 em vendas por esse canal.  

E então? O seu e-commerce teve lucro ou prejuízo com os anúncios no Google Ads?

ROAS = 30.000,00 / 10.000,00

ROAS = 3

Lucro certo! A cada R$ 1 gasto nos anúncios, você obteve um retorno de R$ 3. 

Dois pontos importantes sobre o ROAS:

  • O ideal é que o resultado esteja acima de R$ 2, pois esse é considerado o padrão do mercado e mostra que você realmente obteve lucro. Um valor exato de R$ 1 significa que você não teve lucro e nem prejuízo e abaixo desse valor, o prejuízo é certo.
  • Inclua no cálculo do ROAS todos os custos envolvidos nos anúncios (por exemplo: precisou contratar designer? agência? gestor de tráfego?). Assim, o resultado será mais fiel aos investimentos reais. 

Precisa de ajuda para aumentar os lucros do seu e-commerce? 

Aqui na A7B, entendemos tudo de ROI e ROAS, pois somos especialistas nas melhores estratégias de marketing digital para o seu e-commerce.  

Desde a gestão de redes sociais, criação e gestão de anúncios, passando por melhorias técnicas em sua loja virtual, podemos te ajudar a alavancar as suas vendas por meio de campanhas de marketing que chegam realmente ao perfil do seu cliente. 

Por isso, conte com a nossa equipe para crescer o seu negócio digital! Agende agora mesmo uma conversa

Inscreva-se em nossa newsletter!