SEO on-page e off-page: afinal, quais as diferenças?

Mesmo que você não lide diretamente com marketing digital, é bom entender as diferenças entre SEO on-page e off-page. Elas são essenciais para seu site ficar bem posicionado nos motores de busca.

Portanto, a seguir vamos te explicar em detalhes a importância, as características e as diferenças de aplicação dessas técnicas!

O que é SEO e por que ele é tão importante?

Antes de entendermos o que é SEO on-page e off-page, vamos relembrar o conceito de SEO.

Search Engine Optimization (SEO) é a tradução de "Otimização para Mecanismos de Busca". E o que são mecanismos de busca?

São as páginas que a gente utiliza para pesquisar algo na internet. Sim, estamos falando do Google, Bing, Yahoo!, entre outros – lembrando que o Google é o principal motor de busca da atualidade. 

Se o SEO é a otimização para esses mecanismos, então quer dizer que se trata de um conjunto de ações que podemos fazer para que as nossas páginas sejam encontradas mais facilmente na internet.

Sendo ainda mais específico: o objetivo das ferramentas de SEO é fazer com que a página do seu site, blog ou e-commerce apareça na primeira página de resultados – e se for nos primeiros lugares, melhor ainda. 

Isso é importante porque todos nós, ao fazermos uma pesquisa no Google, consideramos como mais confiáveis os primeiros resultados que aparecem

Além disso, quanto melhor posicionado o seu site está, mais visitas ele tende a receber – aumentando a chance de conversão

Se uma pessoa digitar as palavras-chave em que o nosso negócio se enquadra e o site aparecer nos primeiros resultados, nós:

  • Ganhamos autoridade;
  • Aumentamos o tráfego;
  • Capturamos mais leads;
  • Aumentamos as vendas.

Por isso é tão importante a gente entender o que é SEO on-page e off-page. Eles são técnicas que executamos em nosso site para ficarmos posicionados nos primeiros resultados da pesquisa, aumentando o alcance orgânico.  

Mas quais são as técnicas que melhoram o ranqueamento das páginas nos motores de busca? São centenas.

Atualmente, são mais de 150 fatores de ranqueamentos das páginas nas primeiras posições – aliás, o Google nem divulga todos eles. E esses fatores são divididos justamente em SEO on-page e off-page. 

Dentro destes fatores, é possível trabalhar com uma vasta gama de estratégias para impulsionar o seu negócio online. Desde o SEO básico para se posicionar no Google, até táticas de SEO local para atrair clientes próximos de você. 

Aliás, uma rápida explicação: como o Google avalia se uma página está bem otimizada para ser inserida nos primeiros resultados orgânicos? 

Por meio de seus algoritmos, que avaliam não apenas o conteúdo da página, mas também toda a sua estrutura. Isto é, eles avaliam o SEO. 

Agora sim, estamos prontos para entendermos as diferenças entre SEO on-page e off-page. 

O que é SEO on-page?

Como o próprio nome diz, SEO on-page são as otimizações que devem ser feitas dentro de cada página do seu site, blog ou e-commerce. 

Em outras palavras, diz respeito à otimização interna, ao conteúdo e à estrutura do seu site.

Exemplos de fatores de ranqueamento dentro do SEO on-page são: 

Título da página (Title tag)

O title tag é aquele título da página que aparece no resultado de busca do Google:

Título da página (Title tag)

Ele é muito importante para o ranqueamento da página justamente porque ele é uma das primeiras coisas que a gente olha nos resultados da busca – é ali que a gente decide se clica ou não.

Por isso, faz parte da estratégia de SEO on-page deixar o título da página:

  • curto (máximo de 60 caracteres para a frase não aparecer cortada);
  • com a palavra-chave principal à esquerda (as primeiras palavras do título têm maior relevância do que as últimas);
  • retratar fielmente o que o conteúdo oferecerá ao usuário.

Meta descrição (Meta description)

A meta descrição é um texto âncora que fica logo abaixo do título da página:

Meta descrição (Meta description)

Muitas pessoas cometem o erro de não se preocuparem com esse resumo – e quando ele não é feito, o Google automaticamente coloca as primeiras linhas do artigo como meta description, o que pode ficar ruim e o texto cortado. 

Mas acontece que se o nosso objetivo é que o usuário clique em nosso conteúdo, a meta descrição precisa ser instigante, criada especificamente para atrair as pessoas. 

Além disso, esse pequeno texto deve ter o máximo de 160 caracteres, além de também conter a palavra-chave principal. 

URL amigável

Outro ponto importante do SEO on-page e que muitos ignoram é a criação de URLs amigáveis. 

URL amigável é o link da página que é fácil de ser lido e compreendido, retratando o assunto que o usuário terá acesso:

URL amigável

No exemplo acima, veja como a URL de um artigo do nosso blog conversa com o título e a meta descrição: a7b.com.br/linkedin-como-anunciar

Imagina se essa URL fosse assim: a7b.com.br/ip=497835_swv?

URLs confusas e cheias de números e códigos não só afastam o visitante (por ele achar que se trata de um link suspeito) como também faz com o que o Google não ranqueie bem a sua página. 

Hierarquia de títulos e subtítulos no conteúdo (Headings)

Outro importante fator de ranqueamento no SEO on-page é a hierarquia dos títulos dentro da página.

De forma geral, o algoritmo do Google ranqueia bem os conteúdos que utilizam essa hierarquia, sendo elas:

  • H1: o título principal do conteúdo
  • H2: os subtítulos 
  • H3: os subtítulos de cada H2.

Veja só:

Hierarquia de títulos e subtítulos no conteúdo (Headings)
Hierarquia de títulos e subtítulos no conteúdo (Headings)

Ao colocar títulos obedecendo à hierarquia, além do conteúdo ficar mais agradável, o algoritmo também percebe essa organização e consegue detectar a ordem de relevância de cada um dos títulos no conteúdo.

Outra dica importante é sempre incluir a palavra-chave principal no H1 e também em pelo menos um H2. 

Imagens

As imagens também são importantes no SEO on-page. E isso não diz respeito somente à utilizar imagens legíveis e de acordo com o conteúdo da página.

Imagens

De modo geral, você precisa configurar três itens para que as imagens também ajudem a ranquear a sua página e também ajudem a diminuir o tempo de carregamento. São eles:

  • Incluir um nome de arquivo nas imagens;
  • Incluir um texto alternativo (alt text), pois se a imagem não for carregada na página, haverá um texto descrevendo-a;
  • A imagem precisa estar no contexto da página. 

Texto otimizado e fácil de ler

Outra regra importante do SEO on-page é quanto à otimização do conteúdo textual. 

Nem o Google e nem as pessoas gostam de se deparar com um conteúdo difícil e cansativo de ler – aquele sem subtítulos e com parágrafos enormes, por exemplo. 

Um texto otimizado é justamente um conteúdo ajustado para ser bem ranqueado na página e que também aumente o número de leitores. Por isso, eis as principais técnicas:

  • Use a hierarquia de títulos;
  • Deixe o conteúdo com escaneabilidade, de modo que o usuário passe o olho e veja um texto fácil de ser lido;
  • Acrescente as palavras-chave ao longo do texto e de forma coerente com o conteúdo;
  • Utilize bullet points para separar algumas sentenças em listas;
  • Acrescente links internos nas páginas, para que o algoritmo também perceba que o seu site tem várias páginas e também aumente o tempo de permanência do usuário nele.  
Texto otimizado e fácil de ler

Essa regra também se aplica aos e-commerces. É importante que os conteúdos, mesmo sendo menores, também sigam as regras de hierarquia de títulos, escaneabilidade, linkagem interna, etc. 

O que é SEO off-page?

O SEO off-page é o conjunto de técnicas realizadas fora do seu site. Ele está diretamente relacionado a você mostrar a relevância do seu negócio ao mercado em geral. 

Lembre-se que o Google ranqueia bem páginas que demonstram autoridade e popularidade. O seu site não pode ficar, digamos, "numa bolha fechada", mas ele precisa se relacionar com outras páginas na web.

Existem várias estratégias de SEO off-page, mas vamos citar três que são muito importantes: 

Link building

O link building nada mais é do que a linkagem externa. É você incluir links em seu site que levam a outros sites que também sejam relevantes.

Isso faz com que o Google entenda que o seu domínio tem reputação e autoridade – e acaba colocando a página no topo das pesquisas. 

É importante dizer que a estratégia de link building deve ser aplicada de forma correta. Incluir links de sites duvidosos, de baixa qualidade, além de incluir links que não levam a página alguma ou que não tenham relação com o seu conteúdo é passível de penalização. 

Texto-âncora

O texto-âncora é o texto sobre o qual você inclui um link para direcionar o visitante a outra página ou site. 

Ele precisa ter relação direta com a página do destino – e, claro, fazer sentido. Desse modo, as páginas de destino também podem ser melhor posicionadas no motor de busca. 

Por exemplo: se aqui na A7B quisermos direcionar o leitor a um artigo sobre o nosso serviço de Consultoria SEO, não faz sentido colocarmos o link em palavras aleatórias, como "vendas". 

Outro ponto importante: não coloque links na palavra-chave principal do texto, pois o Google considera como black hat e pode penalizar a página. 

Menções

Se o Google ranqueia bem sites que têm relevância, então as menções também são um fator de ranqueamento de SEO off-page.

Os algoritmos também são capazes de identificar quando a sua marca é mencionada nas redes sociais ou em outros sites, mesmo sem links para sua página – aliás, eles conseguem identificar até mesmo se as menções são positivas ou negativas. 

Conclusão: você precisa investir em otimização SEO o quanto antes

Depois de entender as diferenças entre SEO on-page e off-page, saiba que investir em uma boa estratégia de SEO em seu site é um passo fundamental para o crescimento do seu negócio.

Afinal, são milhões de páginas espalhadas pela web e no mercado digital, você concorre com muitos players em seu segmento de mercado. 

O SEO ajuda você a vencer essa concorrência, a conquistar a primeira página e a ter cada vez mais relevância no mercado – sem falar nas vendas, é claro.

Entenda melhor como funciona a consultoria de SEO para deixar sua empresa no topo do Google.

Outro ponto importante: não aplicar as técnicas de SEO on-page e off-page traz consequências negativas. 

Além de não ficar bem posicionado nos resultados, sites de baixa qualidade e que dificultam a experiência do usuário sofrem penalização do Google, em última análise, faz você perder vendas e deixar de conquistar muitos clientes.

Por isso, o trabalho do SEO não acaba – e o time da A7B está pronto e treinado (aliás, treinado pelo próprio Google) para ajudar você nessa tarefa.

Confira aqui os detalhes sobre o nosso serviço de Otimização SEO e agende agora mesmo uma conversa conosco. 

Inscreva-se em nossa newsletter!